Pensamento de um português suave:Penso logo desisto...

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

NO SILÊNCIO...


No silêncio do silêncio eu grito!
Grito a angústia que me sufoca
A mão fria que a minha mão toca
No silêncio, grito para que acordes
No silêncio, olho teus olhos que choram
Que choram para acordar
Que choram para viver
Que choram para recordar
A flor que viste nascer...

No silêncio do silêncio eu grito!
Eu grito por ti, por mim, pela tua flor
Eu grito p'ra que escutes o seu amor

No silêncio dos silêncios
Grito a raiva que me dói
Grito a vida que se destrói
No silêncio dos silêncios
Quero voltar a ver
Esse grito de viver...

Para que vivas

Do meu grito...eu faço silêncio!

24 comentários:

Maria disse...

Querida Soledade:
Chorei a ler o teu poema.
Não tenho dito nada, porque as coisas por aqui também não estão bem. Agora é o meu marido que está com problemas de saúde. Depois conto. Como vês são mais de três e meia e não consigo dormir nem com os dois comprimidos que tomei.
Isto parece um baralho de cartas. Mal acaba uma começa outra.
Logo que possa mando Email ou telefono.
Espero que tudo se resolva para ambas. Estou cansada de viver.
Beijinhos

Osvaldo disse...

Soledade;

O silêncio tem o condão de abafar as nossas revoltas, anseios, temores, emoções e estado d'alma. Mas também tem o defeito de guardar tudo isso só para nós, não deixando que o mundo que gira à nossa volta se aperceba de que afinal também nós vivemos, também nós temos mêdos, também nós respiramos. Por tudo isso há momentos em que o silêncio deve ser ouvido como o barulho de um trovão!...
Só assim o silêncio faz sentido.

bjs, Soledade e que tudo corra pelo melhor.

da Ana e Osvaldo

Ana Martins disse...

Minha querida amiga,
não consegui travar as lágrimas nem o nó que me aperta a garganta.
Sinto bem a dor que tentas amenizar nesta tua revolta.
Não sei ao certo o que se está a passar com o teu marido, procurei encontrar algum email teu a esse respeito mas não encontrei nada.

Desejo Soledade com todas as forças do meu ser que tudo se recomponha rápidamente e que a vida vos volte a sorrir muito em breve.

Se precisares de mim, por favor dispõe, e vai-me dizendo alguma coisa sempre que puderes


Beijinhos querida amiga, para ti e todos os teus,
Ana Martins

Parisiense disse...

E valeu a pena esse teu grito silencioso...vale sempre a pena quando temos fé...seja ela qual for.

Força linda, espero que continues a ter essa força que te faz avançar nesse desespero de impotência.

Beijokitas

Je Vois la Vie en Vert disse...

Querida Soledade,

Às vezes, é preciso soltar um grito no silêncio para ajudar a exteriorizar a revolta que é normal face a situações dolorosas.
Agora que soltaste o teu grito, se quiseres, podes pousar a tua cabecinha no meu ombro. Às vezes sabe bem.
Não te quero incomodar mas tenho deixado marcas de carinho, de apoio, de compreensão e estás presentes nos meus pensamentos e orações.
Eu própria, quando sofro, prefiro ficar no meu cantinho e não falar com as pessoas, por isso, aceito perfeitamente que não respondas aos meus sinais mas sabes que quando precisares falar, estou disponível.

Força, minha querida, hás de vencer esta batalha !

Muitos beijinhos cheios da cor de esperança !

Verddinha

Je Vois la Vie en Vert disse...

Miinha querida,

Estes teus parabéns me fizeram vir lágrimas aos olhos. Descobri tanta generosidade nas tuas palavras sabendo da tua dor.

Toma o teu tempo, querida amiga, para pôr toda a mecãnica em ordem mas faz isto com cuidado e calma porque ainda quero ir dar um passeio neste carro mesmo se estiver todo escangalhado e com falta de pintura desde que ele anda !

Nem imaginas como o chilrear deste passarinho teu e nosso amigo é agradável !

Beijocas

Verdinha

Je Vois la Vie en Vert disse...

Deus é assim : surpreende-nós !

E ainda me surpreendeu-me mais a mim que normalmente à esta hora estou nos braços do Morfeu...

Beijocas

Verdinha

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Néctar da Flor oferece mais um selo para os amigos. Dessa vez é o Selo Criativo que entra na roda dessa nossa felicidade. Não existem regras, apenas levem mais um dengo nosso e deixem a originalidade do seu blog falar por si.



Beijos jogados no ar, sempre!


-

Laura disse...

É no silêncio
Que a dor da alma
Manda seu grito
E acorda o mundo inteiro
Esperando que o contraste
Das manhãs
Abra novas parenteses à vida
De quem quer também
Soltar seu grito guerreiro
Seu grito primeiro
De muitos mais que virão
E a dor acabará por passar
E será apenas
Mais uma canção !...

Que o teu grito e o do Julio, se unam e juntos recomecem a felicidade interrompida por esses momentos dolorosos...Um beijinho da laura

Je Vois la Vie en Vert disse...

Querida Soledade,

Para perturbar este silêncio, entrei no teu espaço na ponta dos pés e deixei na tua testa, enquanto estavas a descansar, um beijinho verdinho de esperança.

Foi uma visita rápida para te lembrares que os amigos pensam em ti.

Verdinha

Maria disse...

Querida Soledade:
Vou passar o dia todo fora, mas levo telemóvel. Se precisares de mim...
Como está o Júlio? e a filhota? e tu tens comido? Não esqueças os teus exames por favor.
Não consigo deixar de pensar em ti.
Queria estar perto e poder ajudar-te.
Um abraço grande e beijinhos

mariabesuga disse...

Grita o grito que do silêncio nasce e em ti rebenta.

O grito!

Não silencies a angústia!
Deixa-a fazer-se grito, precisamente.

No grito!

Grita o cansaço de dentro de ti para dentro do silêncio em teu redor...


Um abraço grande, meu, para ti que sei triste e cansada.

Laura disse...

Minha querida, nemt e tenho enviado sms, o meu pc não dá e o do manel não tem o programa instalado e vai dai, imagina so resto...Logo já o vou carregar e já falamos...
Beijinhos e deix ao silêncio, grita porque gritar faz bem a tudo e deixa que os teus medos e receios saiam de ti..Beijinhos meus, laura

tulipa disse...

Querida Soledade:
Chorei a ler o seu poema.
Não tenho dito nada, porque nestes momentos as palavras faltam-me...
já passei momentos também muito maus com problemas de saúde meus e por vezes recebo palavras de pessoas que preferia que nada dissessem, pois aquilo que dizem ainda dói mais. Não há sensibilidade!!!

Como vai o seu marido?
Pelo que li, desde o dia 3 que as coisas estão mal, terá sido dia 3/Setembro?
Há mais de um mês...
Já aconteceu um MILAGRE como você escreveu.
Temos que agradecer a Deus estes milagres que acontecem.

Acredito que você esteja mesmo exausta!!!
Descanse, os amigos da blogosfera esperam pelas suas visitas.

Beijinhos e muita força!

Conversa Inútil de Roderick disse...

O nosso silêncio muitas vezes diz tudo, querida amiga!

Maria Soledade disse...

MEUS QUERIDOS AMIGOS,como a vontade de escrever aínda não é muita, peço-vos desculpa por não agradecer individualmente o vosso carinho,as vossas palavras de conforto, a vossa grande amizade.Assim, deixo o meu MUITO OBRIGADA a todos sem excepção e se Deus quiser um dia voltarei em força e aí vão ter de aturar uma Soledade chata e amalucada.Tomara que fosse já amanhã, sei que não é possível mas, quem sabe daqui a um mesito eu não ando para aqui a atazanar a cabeça da Laurinha com o brasileiro, a dar força à nossa querida Maria, a dar miminho à nossa Estrelinha,a mandar mail's à nossa Verdinha sem sacar os endereços(ela fica fula!),ou a dizer ao Rod que é um extra-terrestre?!Ah, já sinto tantas saudades de tudo isso...Ah, e também tenho saudades de dormir...MUITAS, pois não sei o que é dormir umas boas 6 horas seguidas!!Tenho que reclamar à Roche que o Valium 10 não presta porque eu tomo dois e não durmo na mesma!!MENTIROSOS, só querem é vender...

Bom, vou dar-vos notícias. O Júlio já está sem a máscara de oxigénio mas agora tem uma fatela de pano verde(brrrr...)porque apanhou uma bactéria nos cuidados intensivos e por precaução nós também temos de usar porque o estado é tão debilitado que não se pode facilitar e acho MUITO BEM.Já fala qualquer coisita embora tudo desordenado mas isso não me aflige minimamente porque será temporário.Segundo a médica, se mais nada correr mal, para debelar a miningite faltam cerca de sete semanas.Parece que já vos expliquei que não conseguiram isolar o agente causador de forma que estão a "dar tiros para todo o lado" de forma a matarem toda a bicharada.O que me deixa de rastos é saber que cegou e tudo leva a crer que não é reversível!!Enfim, desculpem mas já estou "entalada" vai daí não consigo escrever mais...

A D O R O - V O S

MUAH***MUAH***MUAH*** MUUUUUUUUUITOS

Sight Xperience disse...

Olá Soledade,
Este seu silêncio gritante...

Os seus testemunhos no blog da Tulipa, fazem-me crer que estou perante uma lutadora. Aceite os meus parabéns e os meus votos que esta nuvem negra seja passageira...para que possa disfrutar brevemente da companhia sorridente do seu marido.
Fique bem, consigo e com a vida.

"As montanhas conquistam-se passo a passo!.."
Abraço

Maria disse...

Soledade:
Apesar de tudo há motivo para ter esperança. Tudo irá melhorar, minha querida.
Tem cuidado contigo e não te esqueças dos teus exames, tenta alimentar-te e descansar alguma coisa, mesmo que não durmas.
A tua nina está a reagir melhor? Coitadinha, também não é fácil para ela.
Vá minha Guerreira, continua a lutar.
Beijinhos e toda a amizade da Maria.

Laura disse...

Rapariga soledade, o meutel anda a zero e o pc do manel nao tem o programa instalado e nao consigo enviar sms...descula deixar-te tao abandonada...Mil beijinhos, o nuno chegou de manha fui busca-lo...estou no pc dele sem acentos e deteclado extraterrestre...laura ah, calma la com o Julio, devagar ele ficara bom, devagar e com a ajuda de uma certa nina guerreira que conheco, realmente nunca mais tive vontade de brincar parece que andamos todos tristes, bolas...jinho meu, laura

maria paula disse...

Querida Irmâ:
Não te esqueças que os olhos do teu marido são verdes,cor da ESPERANÇA!
Esta difícil batalha vai ser ganha.
No silêncio daquela sala, interrompido só pelo barulhinho das máquinas,está a força dos que já lhe apertaram a mão e ele respondeu com o polegar "dizendo":tudo bem!
E vai estar,embora seja devagar, muito devagar.
Muita força para ti.
É mais uma prova muito dura que a vida te deu.
Mas vais vencer com a mesma bravura com que fazias as travessias, a nado, de uma praia para outra.
Só que este mar está mais revolto.
São ondas gigantes que teimam chegar serenas ao areal!
Em breve chegarão. E a sua luta acabará.
À espera está uma vida que foi a guerra e veio sã e salva!
E estão mais duas vidas que dela fazem parte e começam a estar exaustas com esta demora.
Para as duas um grande beijo de coragem.
Amanhã será outro dia. O trigésimo depois daquelas longas horas à porta do bloco.
Agora, aguardamos todos,só boas notícias,minuto a minuto.
Amanhã, estarei contigo, para juntas dizermos olá ao Júlio e convidá-lo a tomar um café...já chega de hospital!
Xi cora

tulipa disse...

HOJE faço uma homenagem à minha sobrinha Tânia do Bookcrossing, falecida em Março passado:

Minha querida, um “grande amigo” recente, também da blogosfera, mas já real, em Abril passado, já depois da tua partida para sempre da minha vida, fez o percurso “Caminhos de Santiago” ( conheceu-te através de mim, do meu sofrimento, da partilha de emoções) e, juntamente com os seus companheiros de caminhada rezaram por ti e fizeram uma oferta pela tua alma, deixando no local um símbolo e umas florzinhas do campo.
LINDO, não é?
Aqui estão duas imagens desse “momento”.
Faço-te homenagem nos meus dois blogues, neste "teu dia".

laura disse...

Sei que está tudo a decorrer devagar demais para o vosso querer, mas, esperemos em esperança e como diz a tua mana, dali a tempos estarão a tomar um cafézito por aí, Força pariga guerreira..beijinhos da laura

Laura disse...

Vamos andando nina Soledadinha? Penso que sim, andando e sonhando que tudo se vai compor, precisamos do teu riso e da tua presença em nossas vidas, não só nos blogues..Abraço profundo, da, laura

Laura disse...

Olá, mais uns diazitos e as cosias ficarão melhores, haja paci~encia nina e um dia destes aviso-te e apareço. beijinhos e abraços cheios de ternura para as duas ninas, mãe e filha, laura.