Pensamento de um português suave:Penso logo desisto...

sábado, 9 de janeiro de 2010

O TEMPO QUE TEIMOU PARAR!




Já conta mais de 120 dias que abraça a cortina que o separou do seu tempo.Esse tempo, que partido em pedaços, para ele parou! Ofereceu-lhe apenas uma ténue linha que divide o seu espaço físico ,com um tremendo vazio!




O seu cérebro atraiçou-o. Roubou-lhe os sentidos. Castigou o seu corpo, cegou os seus olhos, negou-lhe a força de usar as cordas vocais, que não se compadecendo com a sua dor, interditou-lhe o direito de transmitir o seu sofrimento!




Dentro do seu silêncio, sobrevoam vozes que teimosamente o ajudam na procura do seu tempo.


Os seus olhos, sem vida, de quando em vez abrem-se, em tom de cumprimento: Olá, estou aqui, continuo a lutar contra o meu tempo. O tempo que teimou parar!






Do lado de cá da cortina, a falta de lucidez que já conturba o meu bom senso, é a nota que sinto agudizar-se dia após dia. Na luta desigual de tentar entender o silêncio, surge o cansaço, mas também a vontade incontrolável de contrariar esse tempo. O tempo que teimou parar!...






Até amanhã Júlio...




Todos juntos, correremos para te arranjar tempo...

69 comentários:

direitinho disse...

Bom dia
O seu poema demasiado triste e parado no tempo.
Não é fácil aceitar estas situações.
Por outro lado não sabemos qual o grau de consciência que existe nessa paragem de tempo, do outro lado dessa cortina.
O tempo voa e com ele partem tantas coisas que nos fizeram felizes.
Desejo-lhe muita coragem e capacidade de ultrapassar tudo quanto não somos capazes de mudar.

Laura disse...

Minha querida sol, é isso, o tempo corre inexorável, tu querrias pará-lo, fazê-lo recuar, para que nada disso acontecesse, mas, a vida não o permite...
Minha querida Nina, que saudade tenho de ti e dos nossos pequenos cadinhos ai junto de ti.
Haja serenidade, não te deixes ir, sei que é luta demais para ti...Um abraço da sempre amiga, laura.

Vento Norte disse...

Lita

Quero que saibas que te admiro muito pela luta sem tréguas que tens travado. Eu não o conseguiria. Sei que não vais desistir.

Beijo

Tenho a certeza que o Júlio gostou do que escreveste...:)

Ricardo Calmon disse...

Amada amiga,ao romper manhã dourada essa em blog seu,visceral canto ,em busca do tempo,para com ele retroceder,inexorável é,NINA,dor e comtemplação sua me dói também,vontade louca de aí chegar e de dadas mãos junto com Laurinha,lágrimas compartilharmos!

um abraço forte em Júlio,como se fosse,em vc,do tempo através brisas frescas te sopro e mãos suas beijo!

smaaaaaaaaaaacçkkkkkkkkkkkkkkk!

viva la vida!

Maria disse...

Minha Sol
Não sei o que dizer-te. Fiquei demasiado comovida para falar. Queria abraçar-te, isso sim. Sem palavras, sem gestos. Só apertar-te nos braços e, fazer-te sentir toda a minha amizade e compreensão.
Um abraço enorme
Maria

Bichodeconta disse...

Envolvo-te num simples abraço, acaricío os teus cabelos, e sem palavras, sigo! Levo de ti um pouco no coração, e deixo a promessa de voltar..Bjs, Ell

Ana Martins disse...

Minha querida amiga,
já nem sei que te diga, não encontro palavras capazes de expressarem o quanto lamento tanto sofrimento e o quanto desejo que o teu marido recupere.

Deixo-te um beijinho terno e a minha amizade,
Ana Martins

Pena disse...

Maravilhosa Amiga:
Um soberbo poema delicioso, mas que comporta a perda de alguém muito precioso e valioso para sempre.
De imensa significação. Um sentimento real de um desejar-lhe de novo a vida.
Perfeito, numa alma poética linda e doce.
Achei extraordinário. Preenche.
Beijinhos amigos de um afecto compreensivo e total para si.
Sempre a maravilhar e a cativar no que faz e faz admiravelmente.

pena

Bem-Haja, lindíssima poetiza de bem.
Adorei. Fabuloso num sentir majestoso e perfeito.
Parabéns.

Laurita disse...

Querida Soledade, fico com nó na garganta e com o coração apertadinho. Realmente a amiga está num jardim de urtigas, mas há que lutar contra elas, há que vencê-las e há também que ganhar coragem e muita força para as enfrentar. E já que contra o tempo nimguém consegue lutar força amiga para o ver passar. Também estou deste lado para dar força quando precisar. Beijos com muito carinho querida amiga.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Soledade,

Sei o que está passando e sei que não é fácil. É uma luta covarde e desigual, mas o que nos abraça é o calor dos braços do criador. Pois, dessa forma, sabemos que um dia vamos rir de tudo isso numa eternidade.

Você mora no meu coração, saiba disso...

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca


-

Daniel Costa disse...

Soledade

120 dias é pouco para poderes imaginar sequer sonhar, que por certo "alguém" desejará que ultrapasses a dor, essa disposição será uma boa forma de acalmar o coração. Porém não quero deixar de relçar, o quando me agradou o poema, o nostálgico poema.

Por exemplo recordar Peniche!
Pelo escrito, deves ter ficado a saber que nasci no concelho, nos anos cinquenta fui muito do Baleal, pela praia, a Peniche de bicicleta.
Porventura passaste a Ferrel? Pelo menos, no princípio dos anos setenta na estrada que vai de Ferrel ao Baleal passava, na direita, uma fila de burros de meter respeito.
Ferrel foi sem dúvida, berço de burros (digo burros animais).
Beijos
Daniel

Laura disse...

Sol, vai ao Ricardinho, tem lá post lindissimo, lindo, corre..um beijinho da mana amiga, laura

m.paula disse...

O tempo só não consegue parar a tua força para levares a vida para a frente.
O caminho,há quatro meses,é sempre igual.
As paredes do hospital escutam os teus silêncios e a raiva de seres impotente perante o teu marido.
Da janela,mesmo ao lado da sua cama,ele não vê a luz.Mas sente o calor de quem lhe aperta a mão.
Amanhã lá estarei para lhe levar os abraços dos amigos que ligam diariamente.E mais uma vez vou dizer:olá Júlio,cá estou,pisque um olho para eu ficar contente.
E quando isso acontece, parece que está a enganar o tempo...
E fica a ténue esperança que o pesadelo pode acabar.
Bjs
Até amanhã

sofia disse...

olá Soledade, aqui passo, mais uma vez para lhe desejar tudo de bom!!

um beijinho e um xi apertado com votos de melhoras para o seu marido Julio, e que Deus não a desampare nesta caminhada espinhosa.

bju
sofia de lisboa

Maria Soledade disse...

Paula, a ti como não tens blog(teimoooooooosa),apenas te deixo o meu MUITO OBRIGADA pela enorme ajuda que me tens dado diáriamente, sem exigires nada em troca!Esta, é a segunda vez que JUNTAS abraçamos os mesmos corredores, as mesmas angústias!Esta, é a segunda vez que lidamos lado a lado com o sofrimento!

Tens sido uma IRMÃ, sim, uma irmã com letra maiúscula, que, alheia ao frio e à chuva, aparece sempre carregada, sujeita a transportes e muitas vezes a ter de andar a pé carregada apenas para estar...PRESENTE!!!!!!!!!!!!!!!!!

MUITO OBRIGADA por essa presença, MUITO OBRIGADA por tudo...

Beijinhos...MUUUUUITOS

MUUUUUUUUAAAAAAAHHHHHHH************

Maria Soledade disse...

Minha querida Sofia:Mais uma vez lhe agradeço aqui no meu cantinho pois não tem blog.É uma querida amiga que eu gostaria de "visitar", mas não consigo, porque não encontro a porta para poder entrar,mas não tem importância, tenha esta ,tão simples quanto eu ,para lhe poder deixar muitos beijinhos e o meu Muito Obrigada por nunca me esquecer.

Beijinhos...Muuuuitos

MUUUUUUUUUAAAAHHHHH****************

Ricardo Calmon disse...

A partir daqui,desse post amada SOL,que voce e Julio não mais de mente minha saíram,te desculpas rogo por lhe fazer chorar,mas bem sabes que precisavas ,não é verdade?Chorei muito,ao produzir post esse Soledade e creia,meu coração com o teu,a chorar continuará pois vc é uma pessoa linda que amo minha irmã muito,e ao Júlio também!

bzuzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

Ricardo Calmon disse...

Amada Sol Amiga Minha,por Deus concedida,vc e Laurita ,me preciosas são,de sofrer meus intensos,desde parido e repelido,desde mininu,me dotou de uma sensibilidade,que o bom senso extrapola e eclode,sempre dias todos de vida minha,intuição que em mim habita,é absurda,vezes outras a me sufocar chega,de mel,como sintonia de dadas mãos em solidarioedade visceral,com vc tenho,sinto por Laurita isso também,vc tem dois enormes para raios em vida tua,por pura voluintariedeade do amor sem fim ao huno ser,nenhuma dor ou pena com vc sinto,o que sinto MEU SOL,é a sensibilidade nucçear tua,em a vida praticar como mission,sabe aquele vídeo postado?cheguei a convulsivo pranto chegar,ao sentir vc e o enome e pesado e forte momento de vida nossa!estamos com vc!

pés teus toco,!

mãos suas osculo!
e a testa de Júlio beijo e abençoo!

isso é viver!

viva!esmoreça não!

se cuide,não deixe a dor te levar,por favor!

deus te abençoe!SEMPRE E SEMPRE!

VIVA LA VIDA!

Laura disse...

Do repentino do nada
surgiu em nossas vidas
um ser de luz
que dia a dia nos acompanha
na mais terna harmonia
seu nome é Ricardo
quase que lhe chamaria
coração de leão
só que o coração
é harmonia
para nós
é benção
fraternidade
alegria
atencioso
até mais não!...
Nós lhe amamos
meu irmão
nós lhe queremos
do coração
e pedimos também
ao Deus do amor
que cuide de você
e de seu coração!...

Fraterno abraço a vc querido Ricardo Calmon, querido ser de Luz...
abraço da laura e claro, Sol, aquele abraço de irmãs..laura

Ricardo Calmon disse...

Fraterna e Amiga Amada:

De LUTO estou,mas..sniff,como,em luto esse,me abster de com vc falar,snif,e parte mínima de dor tua aspirar?então miga inesquecível,auscultando cardíaco tuo,aos prantos,por dor tua,e de Júlio provação,humildemente a ti venho,mesmo em réquiem de Zilda Arns,snif,mãe de milhares de crianças em torno de 25 países onde a fome impera,o pão
ausente,mãe minha espiritual c'est
mort,aiiiiiiiiiiiiiiii deus ,e crianças essas ?como ficarão?
Pois pois,bem sabia que com Júlio falas ,em dimensões outras,e bem sei eu,que Escuta Júlio,tudo o que exalas,e ele Sente!snif!
Te abraço poeta mulher,esposa fiel escudeira,assim como meu Júlio Hermano!Deusssssssssssssssssssss.snif por vcs mira,olha,sente e percebe,nas exéquias de Zilda Arns,estoy rumando,aos prantos,em Curitiba,estado brasileiro,,onde de Júlio levarei,a essa santa morta mulher,a dele LUZ E PAZ,assim como sentimentos teus!

amo voces !

snifffffffffffffffffffffffff!

Viva LaVieeeeeeeeeeee!

Laura disse...

Sol, a Senhora a que o Ricardo se refere, é uma alma linda, de luz, que ajudava as crianças e o Povo, com fome, sempre a lutar por eles, estava lá em trabalho e foi-se no terramoto do haiti, tadinha, era a hora dela, decerto...Um beijinho Sol e muitos abraços da mana amiga, laura

Pena disse...

Amiguinha:
Extraordinária concepção do tempo.
Soberbo. Perfeito.
De maravilhar e deslumbrar.
Excelente texto.
Beijinhos amigos.
Adorei.
É um Ser Humano Perfeito e lindo.
Com imenso respeito.

pena

Bem-Haja, terna e doce amiga.
Parabéns pela forma extraordinária como é e como escreve.
Já assinalei.

Osvaldo disse...

Soledade;

Caramba,... que coragem e que lucidez de em momentos tão conturbados, escreveres tão bela crónica de "verdade" ao "teu" Júlio.

Mais que as palavras, é o sentimento de paz e imcompreensão pelo sucedido com que enches esta crónica prenhe de amor, amizade, carinho, ternura e esperança. E isso faz bem ao Júlio, que sabe que amanhã e em todos os amanhãs, lá estarás para lhe dizeres até já, até cá ou até lá...

Soledade, só me resta dizer que és uma Grande Mulher,... muito Grande, mesmo.

bjs,
da Ana e Osvaldo

Je Vois la Vie en Vert disse...

Minha querida amiga,

Face a este sofrimento tão grande pelo qual estás a passar, não consigo escrever nada de jeito mas posso assegurar que continuas a estar sempre nos meus pensamentos.
Querida Soledade, és mesmo o sol que entra neste quarto onde se encontra o Júlio e de certeza que sente este calor mesmo se não se manifesta ou não consegue manifestar-se.
Nunca te desculpas por não me visitares, minha querida, comigo estas coisas não são precisas . Cada vez que quiseres ou puderes passar pelo meu cantinho, serás sempre recebida da mesma maneira, que seja daqui há 2 dias ou daqui a um ano. Não meço a amizade pelos contactos físicos ou escritos mas pelos sentimentos que estão no coração.
Muitos MUAAAAAAAAAAAAKKK'S

Verdinha

Laura disse...

Amiga
vim deixar-te o meu abraço
já que as palavras
teimam em não sair
não tenho esperança para dar-te
nem risos para te contagiar
tenho apenas dentro de mim
a sagrada amizade
que coisa alguma
um dia
conseguirá apagar!...

Beijinho da mana laura

Ricardo Calmon disse...

O Tempo parado pode estar para vc e até para mim,mas...creia amada amiga mui mais que irmã.vc e Júlio,assim como Laurita,em mente minha dormimos e acordamos, sempre de dadas mãos!
Nunquinha me esque ço de vc e Júlio!

toco pés teus e de Julio!

Viva la Vidaaa

sniffffffffffffffffffff

Dad disse...

Boa tarde,

Que lindo poema tão triste que acabei de ler. Sinto que é uma situação vivida . assim venho deixar-lhe um abraço e pedir para si muita força para conseguir levar a bom termo essa luta que está a travar!

Beijinho grande para si,

Laurita disse...

Olá querida amiga, passei para deixar um xicoração apertadinho e muitas beijócas.

*Lisa_B* disse...

Querida Soledade,
não sei porque é que aquilo que tanto faz sofrer é ao mesmo tempo capaz de exaltar na pessoa coisas tão belas ...como este texto.

Lamento muito a sua dor e o sofrimento, o tempo parado ou não ? do seu marido...

Confio que um dia apareça por aí o coelho de Alice no País das Maravilhas e magicamente lhe re-ofereça o tempo que até aqui perdeu.

Beijinhos

Parisiense disse...

Só parou para ele.....para ti esse tempo continua a contar e o reklógio não pará.

Por isso amiga tens de seguir em frente e tentar fazer com que esse tempo seja "tempo útil" para ti.
Não deixes que o tempo pare para ti, porque os amigos estão aqui para te ajudar a levar esse tempo com um pouco mais de alegria e força.

Beijinhos muito grandes.

Ana Martins disse...

Minha boa e querida amiga,
há um mimo no meu blogue para ti.

Beijinhos e as melhoras do Júlio.
Ana Martins

Ricardo Calmon disse...

Aqui estou novamente,docíssima miga minha,para te abraçar em eletrotronica forma,para Júlio de oceanos através energia enviar,com muito amor,e te dizer que siempre vcs dois assim como Laurita em mente minha permanecem!

Viva La Vida!

Laura disse...

Já prometi que ia ter contigo para a semana, o Nuno vai hoje embora, vou levá-lo de tarde e assim segundas e quintas não dá, tenho aulas, mas o resto sim, só que tu tens outras coisas para fazer nas terças e quartas ehhh vamos lá a ver se acertamos as agulhas..Um abraço apertadinho e escreve um mail, andas afastadinha, eu entendo-te, a vontade não é nenhuma...
mais beijinhos, laura

Laura disse...

Sei pela estrelinha, noticias tuas, já que não respondias, mas, entendo-te..tem paciência e calma, muita calma..Um abraço apertadinho, da, laura

Laura disse...

Tão? nem mensagem, nem um maizito, nada, nada seid e ti, por favor diz algo, nem que seja sempre a emsma coisa, quero saber de ti. Abraço d alaura

*Lisa_B* disse...

Soledade ,
passei para deixar um beijinho.
Lisa_B e Bruno

São disse...

Algo muito doloroso sai deste texto.
Espero que a situação não se torne insuportável.
Muita paz e serenidade para si.

Laura disse...

Minha querida cá continuamos esperando, aguardando sentindo que cada vez mais te vais deixando ir...Força minha querida, muita força..laura

Ricardo Calmon disse...

Não só de solidariedade ,Júlio e Soledade,tributo e sintuuuuuuuuuu,mas mui mais além,pura ternura,amizade e solidariedade vivemos nós a solidão tua entre o monólogo teu e as das linguas anjos,snifffffffffffff,que \JULIO por ti vive entre dimensão essa e a de Deussssssssssssssssssssssssss!
Mais um afago,empost forma a casal amado por todos nós ,a vcs dedico puro sentir das vidas nossas!
Vidaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Ricardo Calmon disse...

Amada Amiga Maria Soledade Alves:
mais um tributo carinhoso e de vida repleto and love por vcs ,fundamentei,entre vc e Júlio,minha alma viva chora,por amor esse entre dimensões imensuraveis!

Estou aqui,vibrndo Júlio em vida,assim como vc,esposa entre dimensões outras a vida fudamentando o AMORRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR

Laura disse...

Olá, passei no Ricardinho e tem lá post lindo, vai ver nina amiga irmã minha..beijinhos da laura...

Ricardo Calmon disse...

CADA UM ,PECULIAR MANEIRA TEM DE DIVIDIR ALEGRIAS E SOFRIMENTOS,EM AMOR AMIZADE E SOLIDARIEDADE FORMA,VIVO,MARIA SOLEDADE,A CADA HORA,EM VC E JÚLIO,PENSAR E VIBRAR,PRA ISSO,MEU UMBILICAR CORDÃO À lAURITA LIGADO,ME FAZ FORTE E PERSEVERANTE ,EM ACREDITAR NA LUZ QUE REGE JÚLIO!
BZU MÃOS SUAS!ADORO-VOS

Felina Mulher disse...

Querida, a porta da minha casa estaá sempre aberta para os amigos...podes entrar sem bater, serás sempre bem recebida por cá. Obrigada pelas palavras de carinho que lá me deixaste. O meu menino RICA me falou deste amor entre vc e teu Julio, que coisa linda, acho que encontrei a resposta que eu procurava, para saber o que é amor...isto é amor, é ir além das fronteiras, é ir onde nosso coração alcançar.Seria tua leitora assídua.
Estou bem, tenho uma família linda, amigos...tenho DEUS!
Obrigada linda amiga.
Beijos na alma.

Ricardo Calmon disse...

Amiga ,independente do caminho seu,entre pedras e rosas,te rogo,uma oração para Felina Mulher,que entrará em preparatório,para ampla cirurgia!NOW!Bzus!

Felina Mulher disse...

Por sua prece ...

A cada um, a cada prece feita por seu coração por minha intenção, quero aqui deixar o registro de meu grato coração.

Houve como que uma transferência de energia e de momentos de graça.

Para você, que dedicou sua prece, obrigado por cada instante que me dedicou.

Como tudo que tenho de mais importante e rico é meu amor e aqueles a quem amo através desse amor, saiba: em minhas preces de cada manhã e de cada pôr-do-sol, sua essência está inserida nelas.

Mesmo que eu não lembre que conheço você, minha alma imortal a reconhece em sua memória divina e lhe sorri agora, como o fará por toda a eternidade.

Um beijo em seu coração amigo...

Je Vois la Vie en Vert disse...

Querida amiga,

Nestes dias de chuva que aumentam a tristeza, vim para te deixar um grande abraço e

muitos beijinhos verdinhos

Verdinha

Laura disse...

Que lindo o que a Felina Mulher escreveu, que magia de palavras de ternura. Um abraço a ti e a ela, dá noticias minha querida..laura

Laura disse...

Os dias passam
deixei de te ver
deixei de te esperar
sei que não é fácil
o que estás a passar.

Sinto saudade de ti
sinto a vida afastar-nos
não estamos juntas
nem daqui nem dali
sinto saudade de ti

de te ter a meu lado
a dividir alegrias
e tristezas
de falar das nossas vidas
nossas incertezas.

Sinto saudade de uma menina
tão carinhosa e meiguinha
que mesmo a sofrer
me dava forças para viver.

Sinto a tua falta
preciso ver o teu rosto
mergulhar no teu olhar
dar-te a força precisa
para a vida enfrentar!

Preciso de ti
assim como tu precisas de mim
preciso de saber
que tudo vai ficar bem
e que a vida vai resolver
o que te atormenta também...

Beijinhos mil da laura que pensa poder prometer ir ai para a semana..

Tentativas Poemáticas disse...

Querida amiga
Quando a conheci (a caminho de 2 anos...) já partilhávamos sofrimento.
Comentei pouco no seu blogue porque me faltavam as palavras para a consolar e eu havia-me servido do blogue para me abstrair da realidade.
Hoje, perante tão belo e sentido poema fiquei como a nossa querida amiga Verdinha.
Deixo-lhe um beijo suave na testa, e afasto-me silenciosamente, sem dizer mais nada.
António

Anónimo disse...

olá SOledade!

passei para deixar um big kiss,

espero que esteja tudo bem consigo e que o seu marido esteja a recuperar bem!!

fique bem
beijinho
sofia de lisboa

Laura disse...

Sol, acabeid e encontrar alguém que trabalha ai tão pertinho de ti, nem te digo...
prometo, prometo mesmo que para a semana, chova ou não, estarei ai mas aviso primeiro..Um abraço apertadinho da laura

Felina Mulher disse...

Bom dia Maria....vim te dixar o meu eterno carinho.


beijos______Felina.

Maria disse...

Kida
Nunca mais disseste nada e eu perdi o teu número. O telemovel partiu-se, só os números que estavam no cartão se safaram. Os que estavam no telemovel perderam-se. Manda-mo para o Email, por favor.
Tenho-me lembrado muito de ti, mas o raio das doenças deu cabo de mim.
Diz qualquer coisa, amiga.
Beijinho grande da tua
Maria

Laura disse...

Bom dia, palavra que há muito deixou de ter significado para ti e para muita gente que enste mundo leva uma cruz pesada, bem pesada.
Mesmo assim, insisto que seja um Bom Dia dentro de ti, renovado a esperança a calor humano dos que de ti se acercam...
E um abraço apertadinho cheio do mais puro amor, da laura que sofre contigo, sofre por não poder transformar o teu tempo, em tempo de qualidade, paz, e felicidade...

Je Vois la Vie en Vert disse...

Passei por aqui para ver se o tempo volta a andar e fiquei triste por continuar a ver tudo parado.
Quem me dera puder dar cordas a este relógio e começares a veres um dia de sol e uma noite de luar.

Saio discretamente mas não sem te deixar um beijinho amigo com muito carinho

Verdinha

Laura disse...

O tempo é algo desconhecido
quando nos troca o seu tempo
nos dá pedaços de vento
e faz viver em tormento.

O tempo é o inimigo
das horas mais dolorosas
porque nos marca as páginas
das horas mais infelizes.

Beijinho da laura esperando que o tempo amaine, e os ventos te sejam favoráveis.

Laura disse...

Olá, hoje estive á janela com meus vasos de alecrim a falar com alguém que conheces, enfim, o mundo é pequeno e cabe na nossa casa. Um abraço de ternura, da, laura

Laura disse...

E vou deixando beijos
abraços
pedaços dos meus passos
que aqui caminham por ti
esperando ver um sorriso
mesmo timido
e um pouco de esperança!

laura

Laura disse...

Só um beijinho e um abraço apertadinho, o tmepo escoa-se e não há forma de ver a vida a brilhar. lamento querida Sol, lamento muito, Deixo um abraço apertadinho, laura

*Lisa_B* disse...

Querida Soledade,

passei para ver se havia por cá alguma novidade...laentavelmente tudo deve estar igual:-(
Força muita força e que Deus ajude na persistência do não baixar os braços.
Beijinhos com carinho

Felina Mulher disse...

Bom dia minha amiga, vim saber de vcs, como estão?
Trago hj, domingo, depois de sair da missa uma bela canção para ouvi-la qdo sentires necessidades:
Noites Traiçoeiras
Padre Marcelo Rossi
Composição: Carlos Papae

Deus está aqui neste momento
Sua presença é real em meu viver
Entregue sua vida e seus problemas
Fale com Deus, Ele vai ajudar você.

Ôôôô
Deus te trouxe aqui
Para aliviar o seu sofrimento

Ôôôô
É Ele o autor da Fé
Do princípio ao fim
De todos os seus tormentos

(refrão)
E ainda se vier, noites traiçoeiras
Se a cruz pesada for, Cristo estará contigo
O mundo pode até
Fazer você chorar
Mas Deus te quer sorrindo (bis)

Seja qual for o seu problema
Fale com Deus, Ele vai ajudar você
Após a dor vem a alegria
Pois Deus é amor e não te deixará sofrer

Ôôôô
Deus te trouxe aqui
Para aliviar o seu sofrimento
É Ele o autor da Fé
Do princípio ao fim
De todos os seus tormentos

(refrão)
E ainda se vier, noites traiçoeiras
Se a cruz pesada for, Cristo estará contigo
O mundo pode até
Fazer você chorar
Mas Deus te quer sorrindo

Beijos na tua alma_______Felina.

Felina Mulher disse...

Que bom que Deus me ouviu e noticias vieste me dar.Força miha querida, sabes li numa reportagem que msm em coma eles nos ouvem, por isso é importante que tu fales com ele, pois assim ele se alimenta de tuas palavras.Eu fiz a cirurgia e foi tudo bem graças à Deus e já comecei minhas atividades normais...só dirigir que ainda não posso.Ultimamente tenho pensado muito em ti e fui ao blog da Laura em busca de notícias.
Deixo pra ti uma canção que me representa muito:
Anjos

Há momentos em que a solidão aperta
E a tristeza quer se instalar
Então clamamos o socorro do Deus vivo
Ele nos manda anjos pra nos animar

Não têm asas e não podem voar
Mas em seu coração trazem o dom de amar

Preciso da sua amizade
Da sinceridade do teu carinho
Eu sei, pode não parecer com meu jeito de ser
Mas você é muito especial

É tão bom ter alguém pra te ouvir
É tão bom ter alguém que se interesse
Saiba te entender
É tão bom me sentir a vontade pra dizer a verdade
Ser aceito como eu sou

Não têm asas e não podem voar (não podem voar)
Mas em seu coração (seu coração) trazem o dom de amar

Preciso da sua amizade
Da sinceridade do teu carinho
Eu sei, pode não parecer com meu jeito de ser
Mas você é muito especial

Preciso da sua amizade
Da sinceridade do teu carinho
Você pode não parecer com meu jeito de ser
Mas você é muito especial

Beijos....não suma, me mande noticias.

Beijos, fica com Deus!

Laura disse...

Felina mulher; a Sol fala com ele, como se ele fosse responder, faz caricia no rosto, pega sua mão, sorri, chora, fala, e ele está ali escutando com a alma,sempre...
Estvemos as duas junto dele bastante tempo, fomos almoaçr as duas, estava frio, muito frio, mas é um viver muito sofrido, muito. Um beijinho e obrigada pelos versos que deixou..laura

Laura disse...

Vejo-te a contar ao dias
as horas os minutos e segundos
vejo a angústia em ti
a angústia que já não consegues
esconder
porque do teu rosto
vêm as ausências e a dor!

Desejo-te melhores dias onde haja paz e a angústia se vá...
Aquele apertadinho abraço da laura.

Laura disse...

Um abraço apertadinho, a certeza de que não estás só nesta luta do dia a dia. Nós estamos contigo, em silêncio e na expectativa de que tudo dê a volta e a vida continue a ser vida..Laura

Laura disse...

Dia do Pai para lembrar todos os Pais que sofrem,especialmente eles, aqueles que não podem estar presentes, como o teu, o meu e muitos. Um apertadinho abraço da laura.

Laura disse...

Tantos dias que já contam
que já lhes perdi o rumo
tantas horas de tristeza
que parece serem sempre mais
e tu continuas a lutar
para que ele tenha direitos iguais...

Aquele abraço apertadinho da laura

Laura disse...

É noite
ouço fados sem os entender
ouço vozes sem as perceebr
mas a música aquieta-me
lembrei de ti
sozinha aqui
num sofrimentos em fim...

Aquele apertadinho abraço da laura

Laura disse...

Minha querida
os dias perdem-se uns nos outros
as noites sucedem-se de seguida
e nem o tempo te acalma
e nem a paz vem á tua alma!...

Aquele abraço apertadinho, da, laura