Pensamento de um português suave:Penso logo desisto...

domingo, 9 de maio de 2010

A MAFALDINHA SEMPRE...ACTUAL!!







FINS DE ANOS 69,PRINCÍPIOS DE ANOS 70,COMPRAVA EU A "MAFALDINHA" PELA SURRA, POIS ERA CONSIDERADA LEITURA SUBVERSIVA!! CONTINUO UMA ETERNA APAIXONADA DA MAFALDINHA.ESPERO QUE PELO MENOS OS DA MINHA GERAÇÃO A RECORDEM E REVEJAM NA MAFALDA DO ANTIGAMENTE A ...ACTUALIDADE!!






Como não consegui imagens que considero soberbas, vou tentar o melhor possível descrevê-las.



:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::






Mãe- A que estão a brincar meninos?



Mafalda,Miguelito,Manelinho- AO GOVERNO.



Mãe-Bom, vejam lá o que fazem,hem?!



Meninos-Não te preocupes,NÃO VAMOS FAZER ABSOLUTAMENTE NADA!



...........................................................................................................................................................................



O Pai da Mafaldinha lendo o jornal:"...Que aplicou um forte soco no guarda-redes,perante a impassibilidade do árbitro,que não assinalou falta..."



O Pai-Como é que alguém pode ficar impassível perante uma coisa assim?É revoltante!!






Entretanto, Mafalda vê uma outra notícia no jornal que o Pai atirou para o chão furioso!






-"É cada vez maior o número de crianças abandonadas e subalimentadas."



Mafaldinha- É bom ver que uma coisa tão importante te preocupa Paizinho.Toda a gente devia ser como tu! A cara de "tacho" do Pai é...indescritível!!






..........................................................................................................................................................................



Imaginemos a seguinte cena: Mafaldinha,em cima de uma cadeira,de braço erguido segura uma lâmpada com uma das mãos e na outra um simples livrito.Chega o Pai que a interroga:






-Pode saber-se o que fazes aí?



Mafalda- Eu sou a LIBERDADE.



Pai-A LIBERDADE?!...Sabes como vais ficar se caíres daí e essa lâmpada rebentar?



Mafalda-Sei...Como a LIBERDADE! A LIBERDADE que ilumina todo o Mundo com a sua luz refulgente...de 15 Watts!!!!



...........................................................................................................................................................................






Mafalda- Que pouca sorte! Termos de viver nesta época em que existem estes chineses!



Mãe- Mas, Mafalda, os Chineses existiram em todas as épocas...



Mafalda-Sim,está bem...mas os chineses de antigamente só lhes dava para fazer provérbios!






..........................................................................................................................................................................









7 comentários:

Ana Martins disse...

Adorei amiga, foi divertido este momento, faltatam de facto as imagens mas nós conseguimos imagina-las.

Beijinhos,
Ana Martins

Felina Mulher disse...

Amiga queridaaaa...vc não sabe como fico feliz qdo me visitas, amooooo!
Um feliz dia das mães, acho que aí em Portugal já passou,mas fica o meu desejo pra ti.

Beijos da tua amiga Felina.

Pena disse...

Maravilhosa e Doce Amiguinha Linda:
"A Mafalda" era e é importante porque diz verdades a sorrir.
Quaisquer que elas sejam.
É uma B.D. para todas as idades.
É perfeita nas mensagens que deseja transmitir de um valor precioso. Pertinente e extraordinário.
Aqui a atitude crítica é perfeita.
Lembro-me destes livros, em que a comunicação contra os males dos países é dita de forma sorridente.
Adorável.
Beijinhos amigos ao seu génio fabuloso e a si, maravilhosa amiguinha de sonho.
Sempre no maior respeito e fascínio.


pena


Linda! Bem-Haja, pela sua amabilidade e simpatia gigantes no meu "cantinho".
Adorei a sua atitude deslumbrante aqui e lá.
MUITO OBRIGADO fantástica amiga de sonho.

rosa-branca disse...

Olá amiga, já vi que o meu comentário não entrou. O meu computador faz-me isso em alguns blogs. O meu técnico(o filhóte) esteve cá e disse que já estava bom. Vamos ver se este entra. A Mafalda, coisa mais linda de se ler e que saudades. Nessa altura os livros e os hábitos de leitura falavam mais alto. Boa semaninha e deixo uma rosa branca para ti com muito carinho.

Nesse teu jardim d'urtigas
Eu passei para te deixar
Rosas brancas p'rás amigas
E beijinhos p'ra quem passar.

Laura disse...

Ahhh só lhes dava para fazer provérbios e agora fazem de nós os tais dos provérbios, limpam-nos a mona com as chinesices deles e ainda ganham euros...

Adorava as revistas da mafaldinha que afinal, razão já tinha e tão pequenina..laura

Ana Martins disse...

Querida amiga,
vim agradecer-te a visita e dizer-te que tenho andado mais parada até nas visitas.
Abri no entanto outro blogue que nada tem haver com poesia, é onde coloco os meus trabalhos. Se quiseres e puderes, passa lá.


Deixo o link:
Os meus trabalhos

Beijinhos,
Ana Martins

Je Vois la Vie en Vert disse...

Ah Mafaldinha, Mafaldinha, tão malandra como tu , Soledadezinha !

Não precisamos das imagens, chega a tua imaginação !

Esta imaginação incrível que até te faz ver borboletas, dizes tu. Não foi imaginação, minha querida, estavam là porque também eu as vi, basta querer, mesmo se estavam escondidas atrás das flores !
Amiga, não estás a obedecer-me ! Eu disse-te que não precisavas de te desculpar nunca ! Vá là, porta-te como deve ser e para de te desculpar, as tuas visitas, mesmo escassas são sempre um raio de SOL(edade) !

Beijocas sulfurosas que deixam a pele lisinha e fofinha(estou nas termas)

Verdinha