Pensamento de um português suave:Penso logo desisto...

quinta-feira, 16 de julho de 2009

PRISIONEIRA DA DROGA


COMEÇOU POR EXPERIMENTAR!


SENTIU SEU CORPO BAILAR

UM BAILADO DE ILUSÃO!

DANÇAVA A FLUTUAR

NAS GARRAS DE UM GAVIÃO

QUE A "AJUDARIA" A MATAR!!...


MAIS TARDE...



A ROUPA SUJA NO CORPO!!

VIVIA DE PEDINCHAR!...

OS OLHOS ESCASSOS DE VIDA

À FORÇA DE SE INJECTAR!...


O GOZO, O PRAZER

QUE SERVE DE JUSTIFICAÇÃO

DEIXA NA PRESA ESCULPIDA

A MANDÍBULA DA TRAIÇÃO!



PRISIONEIRA DA DROGA

FEZ UM VOO SEM REGRESSO!!!



PERDENDO O SENTIDO DO NORTE

QUEM LHE VENCEU...FOI A MORTE!!!



O VENENO DA DROGA

É IGUAL AO DA SERPENTE

QUE RASTEJA DEVAGAR...



MAS ATACA DE REPENTE!...



Dedicado a uma menina de 21 anos que eu vi crescer e acabou vítima do flagelo da droga!!!!

15 comentários:

Maria Soledade disse...

Os amigos que me acompanham faz já algum tempo,por certo, já leram e comentaram este trabalho!

É um dos perdidos!!Peço-vos desculpa mas estou a procurar repor a pouco e pouco alguns, principalmente, os que mais significado têem para mim.

Beijinhos a todos voçês que me lêem e comentam...

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Maria Soledade,

Pra colocar o selo do lado esquerdo, tem que saber mexer no html do blog e se você não souber é melhor não fazer. Você pode desconfigurar seu blog totalmente. Sabe o que você faz? Clica na nossa imagem do selo, copia e posta aqui. Fica mais fácil e você entra na luta dessa campanha.

A cada dia que passa vejo o quanto você é um amor de pessoa.

Beijo grande, menina linda.

Noite de luz!

Rebeca

-

Laura disse...

Que flagelo este, que dor para tantas familias que não conseguiram ajudá-los, que dor para quem se enfia no vicio e depois mesmo querendo, já é tarde para conseguir saír...
Não sabemos mesmo cmomo lidar com este problema que afecta quase todas as familias! Mesmo detendo traficantes, outros começariam o trabalho deles, e será assim até ao fim dos tempos. Quiemando as drogas, na mata nos quintais, ela volta a nascer, porque nos foi dada para ajudar a mitigar o sofrimento dos doentes, mas, alguém se lembrou que seria melhor de outra forma.Que pena Soledade, que pena que as coisas são assim...
Um beijinho grande e a poesia está linda, digna de ser lida cantada, para as multidões ouvirem... Laura.

O Profeta disse...

Um notável texto...


Doce beijo

Conversa Inútil de Roderick disse...

Já me morreu um amigo por causa dessa Merda! Desculpa, mas não tenho outra palavra para esse nojo!

Laura disse...

Tadinho, roderick, tadinho, é terrivel quando é assim, e, desde o alcool às drogas, até aos inofensivos charritos, como dizem...tudo os vai levando, mas, entretanto sofrem as fmailias e os amigos..Beijinhos meus, laura.

Maria disse...

Querida Soledade:
Mais um lindo e verdadeiro poema!
Pena que aquela a quem se dirige não o possa ler.
Por motivos que conheces, tocou-me muito.
Beijinhos amiga

Maria Soledade disse...

Rebeca e Jota Cê:

Ontem fiquei meio atrapalhada pois deu-me a entender que o meu comentário não tinha entrado!!Pois é meus queridos até que ponto chega ser tótózinha!!!...

OK, eu vou postar o selinho assim como voçês dizem, pois apoio a campanha e penso que todos os meus amigos que por aqui passam também.


Desculpem ter-vos apagado mas...a irritação foi tanta que acabei por fazer asneira!!!

Beijinhos ...Muitos, a voçês, casalinho LIIIIINDO!!!!

Maria Soledade disse...

Laurinha Kida:À custa da morte de muitos jovens enriquece muito má gente!!Como pôr cobro a este flagêlo??!!Impossivél!!...enquanto houver "miúdos" e gráudos a mamar à custa deste tráfico continuarão a morrer "inocentes" e só porque, num dia qualquer, um desses vermes os aliciou prometendo boas sensações(GRANDE MENTIRA!!!)uma vez que o sofrimento que se segue com a falta da droga é quase impossivél de suportar...assim diz quem já por lá passou...e sofreu MUITO!!Vivi bem perto no hospital a situação de uma menina muito jovem que gritava desalmadamente por falta da droga e nos poucos momentos de calma me contou toda a sua história...ARREPIANTE!!

NÃO Á DROGA!!!!

Beijinhos...MUITOS!...

Maria Soledade disse...

Profeta, muito obrigada pela tua passagem no meu cantinho...Obrigada pelas tuas palavras...


Beijo Doce também para ti

Maria Soledade disse...

Rod: Não tens que pedir desculpa!

É mesmo isso: Uma GRANDE MERDA!!


Lamento a morte do teu amigo, lamento o dia em que ele resolveu tão sómente...experimentar!!!

Beijinhos

Maria Soledade disse...

Eu sei que sim querida Maria. Conheci a história da tua menina amiga, e, como te disse na altura, eu conhecia uma outra muito parecida mas, já com um final infeliz...

Que essa menina que viste crescer consiga parar a tempo para não ter o prémio imerecido da morte...prematura!!!

Muitos beijinhos kida Maria

Ana Martins disse...

Já tinha lido sim Soledade, mas poemas destes nunca é demais divulgar. Além disso tens todo o direito de voltar a repor os teus trabalhos.

Beijinhos,
Ana Martins

Odele Souza disse...

Olá Maria Soledade (seu nome é muito bonito)

Passei para conhecer seu blog do qual gostei muito e para agradecer por seu comentário feito de forma carinhosa ao se referir à minha filha Flavia. O comentário foi deixado no blog de Ave sem Asas, da querida Ana Martins.

Que poema mais lindo aquele que Ana dedicou à mim. Lindo o poema e o gesto de Ana.

Deixo um forte abraço pra você Maria Soledade.

Parisiense disse...

Sabes que é das coisas que mais me assusta...
Porque ela destroi quem a consome e quem vive ao seu lado.

È degradante, desgastante e leva justamente á destruição, quando a força para lutar contra não é muita.

Lindo texto.

Beijokitas